Artesanato no Mato Grosso
O artesanato mato-grossense reflete o modo de vida do artesão e sua ancestralidade. São objetos de barro, madeira, fibra vegetal, linhas de algodão e sementes. Na divulgação da arte, cultura e tradição mato-grossense, a tecelagem detém grande representatividade, principalmente pela beleza das cores refletidas nas redes tingidas e bordadas pelas mãos das redeiras. No artesanato em madeira, temos o mestre cururueiro, que fabrica a Viola de Cocho, instrumento musical para acompanhamento do cururu e siriri. E pela forte influência dos indígenas, o artesanato representa o modo de vida de cada tribo. Eles preservam a arte de confeccionar cocar, colares, brincos e pulseiras, utilizando-se das matérias-primas oriundas da natureza, como sementes, penas e pigmentos.

 

Artesanato no Mato Grosso do Sul
É por meio da produção artesanal que as principais etnias sul-mato-grossenses expressam seus costumes e moldam a cultura. Com uma das maiores populações indígenas, o Mato Grosso do Sul tem uma larga produção de artesanato, inclusive com peças e instrumentos tombados como patrimônios imateriais, como a Viola do Cocho, a cerâmica dos Terena, dos Kadiwéu e dos Kinikinawa. Outro traço importante do artesanato sul-mato-grossense é o intercâmbio cultural favorecido pelas divisas com outros estados brasileiros e pelas fronteiras com Paraguai e Bolívia, que sintetizam as múltiplas origens do povo.

 

Artesanato em Goiás
Goiás tem uma grande diversidade cultural e o artesanato é o elemento que materializa essa rica diversidade. Presente em todos os 246 municípios, é o setor econômico do estado com maior número de pessoas envolvidas, direta e indiretamente, gerando renda, inclusão e cidadania. Um dos principais elementos é a máscara do boi das cavalhadas, celebração de origem portuguesa introduzida no Brasil pelos jesuítas e que tem seu epicentro em Pirenópolis. À medida em que ocorre a mudança dos municípios, os temas também se transformam, o que revela a capacidade da população de se adequar aos elementos folclóricos que mobilizam cada cidade.